Relatório Anual e
de Sustentabilidade

Dimensão Ambiental – Efluentes e resíduos G4-EN26

Código do Indicador

G4-EN26 Identificação, tamanho, status de proteção e valor da biodiversidade de corpos d’água e habitats relacionados significativamente afetados por descargas e drenagem de água realizados pela organização.
a. Relate os corpos d’água e habitats relacionados significativamente afetados por descartes de água de acordo com os critérios descritos na seção Compilação abaixo, incluindo informações sobre:
– Tamanho do corpo d’água e habitat relacionado
– Se o corpo d’água e habitat relacionado é designado como área protegida (nacional ou internacionalmente)
– Valor da biodiversidade (p. ex.: número total de espécies protegidas)

Pacto Global: 7, 8, 9
ODS: 6

Tema material relacionado

Água

DMA (disclosure management approach)

A água no processo produtivo da Chesf não tem suas propriedades ou volume alterados, já que no processo de geração hidroelétrica não ocorre degradação da água. Todo recurso turbinado é devolvido ao curso hídrico sem necessidade de tratamento e sem mudança das suas características. Na Usina Térmica de Camaçari, o arrefecimento é promovido por óleo refrigerante, sem demanda de água no processo produtivo.

Não obstante, a Chesf analisa e monitora a qualidade de água dos reservatórios sob sua responsabilidade, considerando os parâmetros de temperatura, pH, condutividade elétrica, oxigênio dissolvido, turbidez e transparência, alcalinidade total, dureza total, concentração de nitrato e nitrito, amônia, fósforo total, fosfato total, fósforo inorgânico, cloreto, concentração de clorofila, densidade de coliformes fecais e totais, concentração de óleos lubrificantes, concentração de óleos isolantes e concentração de agrotóxicos. Como volume significativo do processo produtivo, permanece o descarte de 68 m3 de efluente oleoso, usado na lavagem de equipamentos. O descarte de efluentes ocorre em sistemas próprios de tratamento, não existindo qualquer descarte em corpos d’água.

A Companhia também pratica iniciativas de combate ao desperdício de água e, portanto, gerencia o recurso nas instalações, acompanhando o consumo e o cumprimento das metas preliminarmente estabelecidas para as áreas onde já há medidores.

Ainda a ser efetivado, existe o projeto Chesf de ampliação gradativa do número de medidores próprios nas instalações, sobretudo para a segmentação do suprimento e consumo de água, visualizando de forma mais eficaz as várias fontes disponíveis e os usos finais mais específicos. Esta medida, vinculada às ações de gestão da água, promoverá a redução de consumo, efluentes e custos empresariais.

Tema material relacionado

Não aplicável

Localização